quinta-feira, 31 de março de 2011

Ser ou não ser bilingue?


Este ano Matheus teve a oportunidade de começar a estudar uma segunda Língua (Inglês) e pensei seriamente se não era muito cedo para fazer com que ele aprendesse uma outra língua já que ele mal sabia falar o Português. Conversando com as mães dos amiguinhos dele todas me disseram que iam matriculá-los na aula. Então pensei: Ah, vou colocar Matheus também e se sentir que ele está meio atrapalhado com as 2 línguas eu o tiro.
Ledo engano... em menos de 2 meses de aula ele ja chegou em casa cantando a musiquinha em Inglês, falando sobre os bichinhos que ele aprendeu (monkey, dog, cat, hippo...) e vi que não ouve nenhuma confusão.
Uma vez no mercado estávamos na fila para pagar quando ele vira-se para mim e pergunta:
Mamãe, que é o benji? (Cachorro da minha mãe)
Quando respondi dizendo que era um cachorro ele logo me falou:
Em "Inguês", mamãe, é dog. E pergunta de novo o que é o floquinho? ( outro cachorro da minha mãe)
Quando respondi a ele: um dog !
Na mesma hora ele me diz: Very good!

Outra vez ele na porta de casa para passear com o pai enquanto eu arrumava a casa ele olha pra mim e diz:
Mamãe, vou no parquinho com o papai, ta? bye, bye!

As aulas são na própria creche. e com 30 minutos diários. Ele AMA... Ele chega sempre com uma novidade, contando o que aprendeu. E conversando com a professora dele a aula é bem tranquila. É mais musiquinhas, brincadeiras que propriamente AULA.
Tem ate um livrinho, mas ela disse que no começo é mesmo só brincadeira. Eles aprendem como são os cumprimentos como hello e bye bye, os bichinhos do livro e as musiquinhas que acompanham. Ela diz que não se pode obrigar que a criança saia falando. O importante, a princípio, é que a criança ouça sempre e se familiarize com a língua pouco a pouco, sem pressas nem obrigações. É como aprender o Português: associando objetos ou gestos aos nomes.
Estou gostando bastante da didática e percebi que nesta fase eles assimilam tudo com muito mais facilidade.
Segundo a psicólolga Elizabete Flory, por falarem mais de uma língua, crianças bilíngues desenvolvem mais rápido o que a psicologia chama de “controle inibitório”, pois, enquanto falam uma língua, elas naturalmente inibem a outra. “Isso nos auxilia quando temos muitos estímulos e precisamos nos focar em apenas um deles”, diz ela. Além disso, o bilinguismo estimula a flexibilidade do pensamento. Quando uma criança aprende a falar dois idiomas ao mesmo tempo, ela compreende que os objetos podem ter mais de um nome. “Isso freia o que chamamos de respostas automáticas, pois há flexibilidade para se pensar em novas soluções, dar respostas mais criativas”, afirma a psicóloga.

Demais não? Fiquei muito feliz por tê-lo colocado ainda este ano no Inglês, pois vejo que ele está indo muito bem e aprendendo com muita rapidez e facilidade.
Se você estava em dúvidas, como eu, se não estava muito cedo para que seu filho aprendesse uma segunda Língua, fique tranquila vai ser uma experiência e tanto para seu filho e para você também.
Beijos

7 comentários:

Gigi disse...

Oi Deya ,que legal esse post!!adorei
Saber que tem muitas maes que tem essa duvida ,achando que e muito cedo para a crinaça aprender uma nova lingua ,e que essa iria atrapalhar a lingua materna ,como vc citou ledo engano,os meus filhos entraram cedo na escola japonesa aprenderam rapido ,e nunca prejudicou a lingua materna e hoje em dia ja sao trilingues (japones,portugues e ingles)entao quem tiver a oportunidade de colocar os filhos para aprender uma segunda lingua ,nao tenham medo.bjs

Mila disse...

Quanto mais tarde começar a estudar outra língua fica mais complicado...minha filha começou maiorzinha e é um enrolo só!
Bj
http://minhacasaminhadieta.blogspot.com/

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

Oiii! vc está certissima!! Eu to a procura de uma para por o Enzo..n quero que aconteca c ele uq aconteceu comigo..ja passei mts "apuros" por causa do meu inglês precário,sem falar que perdi otimas oportunidades de emprego ou promoçoes..
:-/

isso hoje,imagina quando for a vez deles !!!
Beijão!

Micheli disse...

Oi, Déia!
Que ótimo post, adorei!
Vou colocar a pequena no inglês assim que der. Por hora, ela tem na escola, no horário regular, uma vez por semana. Já é melhor que nada! rs.
beijos.

MuitoCriança disse...

Déia dizem que nessa idade eles estão com a cabeça livre pra aprender o que vier...acho super 10. Querida hoje falo das Historinhas de M.C aqui. Comecei com o carrinho e agora ela está sentando...logo logo chego na idade atual dela....continua....

Andressa disse...

Que legal Deia essa lança de inglês ! acho que vale apena sim aprender uma segunda lingua logo cedo!
bjks
bom fds

Roberta disse...

MC tb está tendo. A escola dela é bilíngue e eles começam no 1º período as aulinhas de inglês. É bem parecido com o Matheus...chega em casa cheia de novidades...sabe quase todas as cores, conta até 5 e canta umas musiquinhas tb...muito legal essa fase deles....
Bjs.

Isso tambem te interessa...

Blog Widget by LinkWithin