segunda-feira, 25 de abril de 2011

De volta!!

E ai, pessoal, como foram de Páscoa? Feriadão prolongado, ótimo para ficar em casa com amigos e familiares, mas a gente sempre resolve complicar as coisas e pegar a estrada!
AMO viajar e sempre que posso estou com o pé na estrada. Mas desta vez resolvemos acordar às 5 h da manhã na intenção de não pegar tanto trânsito na quinta feira (Tiradentes).
Não, gente, parece que todos leram meus pensamentos e resolveram todos acordar as 5 da matina pra viajar. Sai da Tijuca às 6:15h e pegamos direto a ponte. Já na subida da ponte RJ-Niterói TU-DO PA-RA-DO!
Enfrentamos 5h de congestionamento intenso, mas chegamos em Friburgo antes do horário do almoço (11:20).
Foram dias ótimos... muito sol, à noite, friozinho gostoso e primeira visita de Letícia (com 3 meses) na casa de campo dela.
Minha mãe, infelizmente, não pode ir, por causa dos cachorros, mas voltamos no domingo cedo (sem trânsito) para o almoço de páscoa com ela.
Matheus se acabou de tanto brincar. E Letícia se comportou super bem.
Agora, a parte triste: (música triste de fundo)
Esqueci o ovo de páscoa do Matheus aqui em casa junto com os ovinhos que iria fazer de trilha juntamente com as patinhas que fiz ano passado. Gente, para tudo. Que deprê que bateu quando "descobri"que havia esquecido no dia seguinte já em Friburgo. Até pensei em correr na loja e comprar um ovo para dar a ele, mas pensei: Essa criança ja ganhou tanto chocolate que não sei se vale a pena, já que voltaremos no domingo de manhã bem cedo... e esse foi meu dilema até sábado. compra ou não compra? Acabei não comprando.
Ao chegar ao RJ no domingo por volta das 11:30 da manhã viemos direto pra casa deixar as malas e a bella (nossa gata) para depois partir para casa da minha mãe para nosso almoço em família. Foi quando tive a idéia de fazer a caça ao ovo de páscoa no intervalo que subi pra deixar a gata. Pedi para Rafael entretê-lo na garagem enquanto eu subia e armava tudo!
Bem, as patinhas tiveram que ficar pra outro ano, mas fiz o caminho do coelhinho com os ovinhos até chegar ao OVO de páscoa, propriamente dito.
Quando ele abriu a porta de casa e já viu o caminho de ovinhos ele olhou pra mim com aquele brilho nos olhos e falou:
"mamãe, o coelhinho de páscoa passou por aqui e deixou ovinhos pra mim"
(pensamento de mãe esquecida: Tadinho do meu pequeno, achou que o coelhinho tinha esquecido dele! Mãe má.)
Então lá foi ele seguindo o rastro deixado pelo tal coelhinho da páscoa até que encontrou, embaixo da cama, o OVO do ben 10.
Gente, quando ele viu aquele ovo debaixo da cama a primeira reação de criança: "mamãe, perai. Tava pensando aqui."
Pronto... momento de tensão achando que criança ligou que subi antes e fui eu quem colocou o ovo de páscoa embaixo da cama...
O que filho?
Criança: "Será que o coelhinho da páscoa dormiu na minha cama?
Mãe desorientada: Hein? porque filho?
Criança: Porque a cama ta desarrumada, mamãe e o ovo tava debaixo da cama. Porque ele ia colocar o ovo debaixo da cama? Pra não quebra ne?
Mãe + desorientada ainda: É verdade filho. (ia falar o que?)
Criança: Hummm... mamãe! Acho que ele pulou na minha cama também e depois dormiu um pouquinho! É, foi isso!
Mãe + desorientada ainda, mas ja querendo rir da história que ele conseguiu montar na sua cabeça: Papai, venha ouvir essa história que Matheus acabou de me contar!
Vem papai.... O que foi filho?
Mamãe: Diz filho, pro papai, o que o coelhinho da páscoa fez!
Papai: O que ele fez?
Criança: Bobeira né? Muuuuuuuuuuuuuuita bobeira! E colocou ovo aqui embaixo ó (apontando pra baixo da cama) pra não quebra o ovo!
Depois desse diálogo bem construtivo e imaginativo caímos todos na gargalhadas e demos um fim na história. Afinal, o coelhinho fez bobeira, mas pelo menos deve a "decência" de manter o ovo intacto.

E assim, terminamos nossa semana de Páscoa!
Beijos


5 comentários:

Chris Ferreira disse...

Oi Déia,
os engarrafamentos foram de enlouquecer.
A moça que trabalha aqui em casa levou 12 horas de Campos até o Rio.

Fechar o feriado com gargalhada é bom demais.

Eu já estou melhor sim. Muito obrgada pela preocupação.

beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Aline e Júlia disse...

ah feriado eu ja desisto porque todos tem o mesmo pensamente e passamos mais tempo dentro do carro do que no conhecendo o lugar que planejamos huahauahuah! uanto a esquecer o ovo que agonia, mas ainda bem que deu praresolver nos 45 no segundo tempo né!

eles ficam muito felizes.. que delicia!

e a imaginação dele sobre coelhinho que delicia!

super bjus

Patrícia Angélica Gonçalves Pereira disse...

Amiga, que bom que no final deu tudo certo. A inocência da criança é um barato. Bjs

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

hehehehe...pascoa em familia meeesmo..engarrafamentos,qustionamentos..que fofo ele achar que o coelho dormiu na cama dele!! lindo,né??rsrs e a gente na maior tensão p n estragar tudo...o Enzo tb ainda acredita no coelho,rsrs..acho lindo!!
que bom que td deu certo!!!
Beijos,otima semana!
;-)

MÃE DO GUI disse...

Parece que esse trânsito insuportável foi no Brasil todo ne? hunft!!!

Muito linda a historia do coelhinho, qnd meu Gui começar a entender vou vir aqui copiar as patihas e o caminho do Sr. coelho.

Bjokas jana

Isso tambem te interessa...

Blog Widget by LinkWithin