terça-feira, 20 de julho de 2010

O Inhame

O INHAME LIMPA O SANGUE: É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século já se usava elixir de inhame para tratar sífilis.
FORTALECE O SISTEMA IMUNOLÓGICO: Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante à dos gânglios...
EVITA MALÁRIA, DENGUE, FEBRE AMARELA: A presença do inhame no sangue permite uma reação imediata à invasão do mosquito, neutralizando o agente causador da doença antes que ele se espalhe pelo corpo. Aldeias inteiras morreram de malária depois que as roças de inhame foram substituídas por outros plantios.
É MAIS PODEROSO QUE A BATATA: E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é importada.Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames.
Nas mulheres aumenta fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.

Receitinhas:

Purê de inhame:

Cozinhe e descasque o inhame, amasse com um garfo e acrescente um pouco de manteiga, e um pouco de manteiga, salpique salsinha por cima e sirva.

Sauté:

Cozinhe e descasque o inhame, corte em rodelas, tempere com sal, azeite, salsinha, cebolinha, manjeriao ou orégano, coloque numa frigideira, deixe dar uma douradinha.

Nhoque de Inhame:

- 500 g de inhame cozido em água e sal
- 2 colheres (sopa) de leite de coco
- 50 g de manteiga
- 100 g de queijo parmesão ralado fino
- 100 g de farinha de trigo
- Sal a gosto
- Sal, azeite, alho, cebola e folha de louro a gosto (para cozinhar os nhoques)
- Gergelim torrado a gosto

Para o molho de cenoura:

- 2 colheres (sopa) de manteiga
- 1/2 cebola ralada
- 1 dente de alho picadinho
- 1 colher (sopa) de farinha de trigo
- 1/2 litro de leite
- 500 g de purê de cenoura (cozida em água e sal e batida no
liquidificador)
- 1 envelope de caldo de legumes granulado (ou em pó)
- 2 copos de iogurte natural (400 g)
- Sal e pimenta-do-reino branca a gosto

Modo de Preparo:

Passe o inhame cozido em água e sal (ainda quente) pelo espremedor de batatas. Deixe esfriar. Misture o leite de coco, a manteiga, o queijo parmesão ralado fino e a farinha de trigo. Acerte o sal. Amasse até soltar das mãos. Numa superfície enfarinhada, faça rolinhos (polvilhe farinha de trigo, se necessário) e corte os nhoques do tamanho desejado. Numa panela com água fervente, sal, azeite, alho, cebola e folha de louro a gosto, cozinhe os nhoques. Sirva com molho de cenoura (ou de sua preferência) e salpique gergelim torrado a gosto. Para o molho de cenoura: Numa panela em fogo médio, derreta a manteiga e refogue a cebola ralada e o alho picadinho até que murchem. Junte a farinha de trigo e cozinhe, mexendo sempre, até que a farinha esteja cozida. Acrescente o leite, o purê de cenoura (cozida em água e sal e batida no liquidificador) e o caldo de legumes granulado (ou em pó) e cozinhe, mexendo sempre com o auxílio de um batedor de arame por 5 min ou até engrossar. Junte iogurte natural e deixe o molho reduzir por 5 min. Acerte o sal e pimenta-do-reino branca. Sirva com o nhoque de inhame. Sugestões de molhos: Molho de sálvia: Numa panela, aqueça o azeite e a manteiga. Adicione os dentes de alho laminados e deixe dourar. Acrescente sal temperado e folhas de sálvia a gosto. Desligue o fogo e regue os nhoques. Polvilhe queijo ralado a gosto. Molho vermelho: Numa panela, coloque água e tomates maduros cortados ao meio e sem sementes. Tampe a panela e deixe os tomates amolecerem. Passe pelo processador ou por uma peneira. Numa outra panela em fogo médio, coloque azeite e refogue a cebola pequena picada e os dentes de alho amassados com sal e pimenta dedo-de-moça picada a gosto. Junte o tomate processado, cominho, folhas de manjericão e sal a gosto. Deixe cozinhar por cerca de 30 min.

Inhame frito

É muito mais gostoso do que batata. Faça exatamente como faz com ela: corte em rodelas finas ou palitos, frite em óleo bem quente e deixe escorrer sobre um papel que absorva a gordura.

Bolinhos de inhame

Cozinhe, descasque e amasse ligeiramente os inhames com um pouco de cebola ralada, cebolinha verde picadinha ou alho-porró em fatias fininhas, umas pitadas de cominho e outras de sal; junte farinha de trigo para dar liga, pincele com gema de ovo e asse no forno até a superfície secar. Ou frite.

Sem contar que o inhame é ótimo apra engrossar caldo de feijão. Cozinhe um ou dois inhames junto com o feijão, que eles desmancham e o caldo ficará bem grosso.

Beijos

4 comentários:

Simone disse...

Delícia Déia. Adorei a receitinha.

Lá em casa será sucesso com a Sofia pois ela adora legumes.

Bjs!!

Nutrição & Cia disse...

Eu amo nhame usei muito nas sopinhas dela pois seu valor nutricional é mesmo fantástico. Adorei o post. Bjs

Simplesmente Pati disse...

Oi Déia!

Adoro inhame,e ainda mais em saber que ele trás muitos benefícios para a saúde.Tive que diminuir da alimentação da Belinha, pois o pediatra disse que dar prisão de ventre, e ela sofre desse mal.Mas mesmo assim gosto de fazer um purezinho de inhame misturado com batata.
Legal as dicas culinárias.Vou experimentar ele frito, hum deve ser bommmm.
Aaaaa qto ao seu comentário, Belinha deixou a mamadeira há mais de um ano, só quer saber de beber suco ades no copo.Não gosta de nada batido, ás vezes arrisca um nescau, mas é coisa rara, enjoou do leite.A danada só não enjoa do peito hehehe
Beijosss

Chris Ferreira disse...

Oi Déia,
eu detesto inhame. Se bem que a opção do inhame frito e dos bolinhos de inhame devem ser boas.
Anotei e vou experimentar.
Obrigada pelas dicas.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blospot.com/

Isso tambem te interessa...

Blog Widget by LinkWithin