domingo, 13 de junho de 2010

O dia dos namorados com direito a TUDO

O dia dos namorados teve direito a tudo...
Começando a saga!
Acordei cedo, vim escrever sobre meu mô enquanto os 2 dormiam. Rafael acordou por volta das 9:30 e quando foi +/- 10:40 resolvemos acordar Matheus para agilizarmos o dia que estava apenas começando. Pintei meu cabelo enquanto os 2 homens da casa tomavam banho e depois deles fui eu! Não sei o que aconteceu, mas quando fui regular a saída de água, o chuveiro caiu na minha mão... ai ai pelo menos deu pra terminar o banho e já saímos de casa sabendo que íamos ter que passar na leroy merlin pra comprar outro chuveiro.
Às 11:30 saímos de casa, trocamos a casinha da bella (agora sim!!!!) e demos a vacina no Matheus e partimos depois para a festinha do Arthur (amiguinho da creche). Chegamos por volta das 12:40 e saímos de lá às 16h depois de muito custo. Na festa quase nào víamos Matheus. Não quis saber de comer e nem de beber, tínhamos que ficar em cima da criança que não queria parar de brincar por nada!
Saímos da festa. Fomos direto para a Leroy Merlin, compramos o chuveiro, fomos ao shopping dar uma volta, dar algo para Matheus comer e comer algo e voltar para casa já de noite.
Quando foi umas 22:30 Rafael resolveu trocar o chuveiro para que pudéssemos tomar um banho, colocar Matheus pra dormir e poder ver um filminho juntos e namorar um pouco naquelas poucas horas que restavam para terminar o dia dos namorados.
Eis que ouço um PQP la do banheiro!!! Ele tinha conseguido quebrar alguma coisa l[a no banheiro!
Deixei Matheus brincando na sala (desenhando) e fui inspecionar o trabalho do maridão, em cima do banco dentro do box às 22:30 da noite quando de repente vem Matheus... calado, me mostrando a caneta que estava na sua mão sem a tampinha. Igual a essa dai do lado... Essa tampinha branca de cima!
Entrei em pânico... pedi para que ele cuspisse a tampa e ele me olhando estático... e eu gritando: COSPE A TAMPA MATHEUS!!! ( E o marido de cima do banco tenso, sem falar nem um pio!).
Matheus me olhando, não tendo o que cuspir, começou a chorar. Gente, nessa hora entrei em desespero! Perguntei a ele se ele tinha engolido a tampa e ele só fez que sim com a cabeça ainda chorando. Não deu... gritei esperneei e tudo! (tava no meu direito... tava super cansada e morrendo de sono e a criança engoliu uma tampa!!!!).
Disse pro marido: Desce dai que vamos pro hospital agora!!!!
Sai o maridão de cima do banco tenso, com o olho mais arregalado que o da criança e saímos.
O porteiro nao entendeu nada, mal tínhamos subido e já estávamos saindo de novo. Corremos pro Quinta D'Or ( que é aqui perto). A criança foi daqui de casa até o hospital sem parar de falar nem um segundo!!! Nem parecia que tinha engolido uma tampa de caneta, tava mais parecendo que tinha engolido aquelas agulhas de vitrola. Acho que era nervoso, só pode... ele não é de falar tanto assim!!! Chegamos lá pro volta de 23h e por incrível que pareça a emergência infantil estava às moscas. Não tinha uma viva alma ( só o recepcionista e a enfermeira).
Fiz a ficha dele e logo ele foi chamado para a triagem. Quando a enfermeira perguntou o motivo de estarmos ali e falei o motivo ela mandou bipar o médico e voltamos para a sala de espera.
Em 2 minutos ( de pura tensão e tagarelices de Matheus que ainda não tinha parado de falar) abre a porta do consultório e a médica o chama. Entramos na sala e estavam 2 médicos la dentro. Ela se apresenta e apresenta o outro doutor ( o cirurgião) GELEI!
Ele foi examinando Matheus enquando ela pedia maiores informações sobre a tampa da caneta. Expliquei. Ele perguntou de que material era e disse que eram aquelas canetas de R$ 1.99 de plástico.
Enfim... eles riram e perguntaram se ele tava com fome e por isso comeu a tampa e sabe o que a criaturinha respondeu: tava!
Ai, racha minha cara, vai!!!
Ele me explicou que não podiam fazer nada já que era um material plástico e não sairia no raio x e pediu apenas que ficássemos de sobreaviso. Caso sentisse alguma dor abdominal ou outra coisa fora no normal era pra voltar ao hospital. E pediu que ficassemos olhando o cocô já que era 99.9% provável que saísse nas fezes. (Ainda por cima isso, vou ficar futucando coco de criança até a tampa sair).
E acreditem... saindo da maca foi direto pra uma pia que tinha no consultório cheio daqueles equipamentos para se ver o ouvido e ele ja ia pegando.
Dai a médica disse que por hoje tava bom de engolir coisas e deu a ele aqueles abaixadores de lingua com sabor. Ele foi logo pegando e dizendo: hmmmmmmmm que delicia!!! e lambia, lambia. Racha de novo minha cara de vergonha!!!
Os médicos cairam na gargalhada e eu, ainda tensa, doida pra chegar em casa depois daquele dia cansativo e tenso, pedi desculpas por todo aquele transtorno e fomos pra casa.
Chegando em casa, o maridão foi terminar de colocar o chuveiro (conseguiu enfim!!!) e fui botar Matheus pra dormir. Tomei um longo banho quente no meu novo chuveiro e fui deitar! Passei a madrugada toda sem dormir direito preocupada com ele. E às 8h da manhã acordo com uma cutucada. Era ele. Acordadinho da silva. Perguntei se tava tudo bem, se tava com algum dodoi e ele: Não mamãe, Matheus não quer mais dormir. Acorda, vem! Quero ver desenho na sala!
Derrota!!! Exausta!
Hoje de manhã fez seu cocô ( devidamente vasculhado) sem vestígios da tampa. Segundo o médico é mais provável que saia a partir de segunda feira.
Mãe é padecer no paraíso meeeesmo e vasculhar cocô fedorento de filho.

Espero que o dia dos namorados tenha sido melhor para vocês! Pelo menos hoje saímos um pouco e de tardinha deixamos Matheus nos avós e fomos dar uma voltinha a sós e ver um filminho (Príncipe da Pérsia). Gostei muito... bem próximo do que conhecemos do vídeo game!
Beijos

5 comentários:

Ju Dalzoto disse...

Amiga, q caos hein?!
Sei que não tem graça, mas tive que rir lendo aqui o seu post!!! Mas mãe sofre mesmo neh? Q coisa!!!

Olha, espero que hj vc tenha uma "boa" surpresa quando o pequeninho fizer cocô. Deve ser de ficar louca mesmo de preocupãção!

Eu (ainda) não passei por nada disso, mas sei de váaarios casos. Tem criança que enfia cada coisinha até nas narinas, imagina, é cada coisa que acontece!!!

Bem, apesar de tudo, pelo menos vc e o Rafael conseguiram descansar um pouquinho no domingo... q bom!!!

Espero que esta segunda tudo fique melhor ;)

Bjo grande

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

nossaaaaa Deiaaa...que saga,rsrs!!
menina,eu quase morria de aflição aqui esperando o resultado da historia d atampa..aff..ainda bem que td correu bem!! eu tb ficaria super nervosa,ja pensou???
bem,meu filho nunca engoliu nada..graças que não puxou a mãe(euzunha aqui!) ,pois eu viva engolindo coisas..e a pior delas foi um alfinete..minha mãe so faltou enlouquecer..fomos p o hospital,mas n meu caso teve que ser retirado,fiquei internada..e eu tinha aidade atual do meu filho..aff...
eu acho q eu ia endoidar,certeza!!!
bem,pelo visto seu dia dos namorados foi beeeem puxado einh!!
mas deu td certo,relaxa..toma um banho no chuveiro novo ,ehehe..e vai lá catucar o coco do filhote..rsrs..
é..ser mãe tem dessas..rsrs..
bjaaao,otima semana!!! ;-)

Jú Ferrer disse...

Só dando risada com essa história da caneta. Hahahaha.

Beijocas

Ana - Viajar é tudibom! disse...

hahahah! Esse d. dos namorados vai ficar na história né?
e a tampa já saiu no cocô?

Bianca disse...

Tá, tudo bem que a história da tampa foi preocupante, mas eu morri de rir com seu relato....

Beijos

Isso tambem te interessa...

Blog Widget by LinkWithin