terça-feira, 1 de dezembro de 2009

AS ESTRELAS DO MAR

Essa mensagem me foi enviada por uma amigona e a achei linda. Por isso resolvi compartilhá-la com vocês neste clima de Natal.

Um escritor que morava numa praia tranqüila,
junto a uma colônia de pescadores.

Todas as manhãs passeava à beira-mar
para se inspirar e de tarde ficava em casa escrevendo.

Um dia, caminhando na praia,
ele viu uma pessoa que parecia dançar.

Quando chegou perto viu que era um jovem
pegando na areia as estrelas-do-mar, uma a uma,
e jogando novamente de volta ao oceano.

Chegou perto e disse:-Por que você está fazendo isso?

-Você não vê!? Disse o jovem.

-A maré está baixa e o sol está brilhando.

-Elas vão secar no sol e morrer se ficarem aqui.

O escritor riu e disse ao jovem:

-Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias
por este mundo afora
e centenas de milhares de estrelas-do-mar
espalhadas pelas praias.

-Que diferença faz, você joga umas poucas de volta ao oceano
e a maioria vai perecer de qualquer forma?

O jovem pegou mais uma estrela na areia,
jogou de volta ao oceano, olhou para escritor e disse:

-Mas para a vida dessa estrelinha eu fiz a diferença...

Naquela noite o escritor não conseguiu dormir nem sequer escrever.

De manhazinha foi para a praia, reuniu-se ao jovem,
e juntos salvaram mais estrelinhas jogando-as de volta ao mar.

Podemos fazer deste universo um lugar melhor para vivermos.

Fazendo cada um a sua parte.
Fazendo cada um a diferença.

Feliz Natal

Um comentário:

Patrícia Angélica disse...

Amiga,

Acredito muito nisso! Não quero salvar o mundo sozinha, mas, se eu puder ajudar a salvar um pedacinho do mundo, vou fazer mesmo. E se não der pra fazer o bem, o mal é que não faço mesmo! Acho que por isso que Deus sempre me abençoa, e nos momentos mais difíceis, Ele me carrega no colo.
Linda mensagem!!!

Beijos

Isso tambem te interessa...

Blog Widget by LinkWithin